fbpx

Qualquer semelhança (não) é mera coincidência

[tempo de leitura: 4 minutos]

“The Devil Judge” é um produto televisivo arrojado, capaz de fazer críticas sociais arrojadas, personagens complexos e atuações certeiras.


HHistóricas distópicas são conhecidas por trazer para o espectador um futuro baseado na previsão “exagerada” de um problema do mundo atual. O esgotamento de recursos naturais dá vida para a franquia Mad Max, a guerra civil contra a opressão do Estado é o pontapé para a realização dos Jogos Vorazes e a impunidade dos mais ricos e um sistema judicial quebrado é o que move The Devil Judge, drama criminal de 16 episódios do canal sul-coreano tvN (responsável pelos queridinhos do ano Vincenzo e Navillera) e distribuído nacionalmente pela Viki.

Na angustiante e misteriosa trama, a Coreia do Sul vive uma realidade onde o país está em reconstrução após ter sido abalado por um vírus mortal e as instituições estão em constante ataque de credibilidade por parte da população. Tentando ganhar novamente a confiança do povo, o Juiz do Supremo Tribunal da Coreia, Kang Yo Han (Ji Sung), institui um tribunal-reality ao lado dos Juizes noviços Kim Ga On (Jinyoung, ex-membro do grupo de K-pop GOT7) e Oh Jin Joo (Kim Jae Kyung) afim de punir todos os criminosos, independente da classe social, com a ajuda de um sistema de votação popular.

O que torna The Devil Judge tão peculiar e viciante é uma mistura de diferentes fatores, a começar pelo tal programa em estilo reality show dos julgamentos, seguido pelas reviravoltas, as tensões dramáticas e/ou sexuais, e fortes atuações que carregam o seriado. Mas, o ponto mais forte do drama fica por conta de sua crítica social.

Apesar de ser colocado como uma “distopia virtual ambientada na Coreia“, a trama está longe de ser apenas uma fantasia – seja lá ou aqui. Injustiça social, manipulação de informação e pessoas, hegemonia da raça, genocídio, anarquia, tráfico humano, brigas por poder e ganância são alguns dos problemas que The Devil Judge trabalha de forma certeira e inteligente, mostrando a constante dualidade que habita em (quase) todos os seres humanos enquanto questiona ao seu público: Até que ponto você estaria disposto a ir para fazer a “coisa certa”?

Para a série da tvN, a “coisa certa” seria capturar e punir criminosos privilegiados a todo o custo, afim de tentar derrubar o status quo e abalar a organização de poder onde os ricos ditam as regras e as quebram, enquanto não dão segundas oportunidades para os pobres, que são tratados apenas como um produto de troca e venda. Você votaria a favor de decepar o órgão sexual de um abusador? Ou talvez você ache aceitável 20 chibatadas em um garoto mimado que abusa de sua posição social? E que tal assistir um homem sendo torrado na cadeira elétrica enquanto você vota para aumentar a frequência do choque direto do sofá de sua casa?

  • Save

Ler essas possibilidades pode fazer parecer que The Devil Judge é uma espécie de série feita em cima de um pornô de tortura, mas como essas punições diferem da nossa realidade? Afinal, há países que ainda usam chibatadas como forma de imposição da lei, e a cadeira elétrica ainda é usada em diversos estados dos Estados Unidos.

Mas há um ponto muito central na trama. Mesmo que os vilões sejam muito fáceis de se encontrar (como a hipnotizante e inteligente Jung Sun Ah, personagem de Kim Min Jung), os mocinhos não são tão branco no preto assim. Kang Yo Han é um personalidade dúbio desde a sua primeira aparição, cuja história é um complexo emaranhado de circunstâncias que constantemente levantam alertas no telespectador. Será que ele é bonzinho? Um mal necessário? Seu passado justifica seu presente? É vingança ou patriotismo?

Por outro lado, Kim Ga On já é um oposto interessante. Sua virtude de mocinho é entregue desde o começo, mas sua história traz abertura suficiente para fazer com que o personagem constantemente questione as suas ações e ande em uma corda bamba da moralidade — mesmo com o seu Grilo Falante constantemente ao seu lado, personificado na imagem de sua melhor amiga, a policial Yoon Soo Hyun (Park Gyu Young). Será que seguir a risca todas as leis, a todo o momento, realmente faz a diferença? Principalmente em uma sociedade em que aqueles que deveriam ser exemplos, não os fazem? A lei é para todos mesmo?

  • Save
Os atores Jinyoung e Ji Sung, respectivamente

The Devil Judge é um excelente exemplo de teste social que é bem executado em uma trama fictícia seriada, trazendo ao telespectador diversos questionamento que vão muito mais além do que revelações bombásticas e cliffhangers narrativos. É a pedida certa para quem busca uma trama complexa e arrojada, em uma jornada que é capaz de provocar diferentes sentimentos naqueles que o assistem.

vics

Tem 25 anos, é formado em Jornalismo e tem uma pós em Comunicação e Marketing. É um dos criadores do projeto, colaborando com matérias sempre que tem uma boa pauta em mãos.

Em 2020, passou 48 dias assistindo Séries usando a desculpa de escrever pra revista e outros 11 dias assistindo Filmes, deitando pra indústria dos blockbusters. Não leu nenhum Livro, mas foram 48 dias reproduzindo Música e fingindo estar dublando pelo próprio legado. ✨

Back To Top
Right Menu Icon
Share via
Copy link
Powered by Social Snap