fbpx

“Elite”: Histórias Breves

[tempo de leitura: 3 minutos]

“Elite” estreia suas histórias curtas afim de fechar alguns ciclos, mas acaba esbarrando em um problema já corriqueiro do seriado.


NNa semana que antecedeu a estreia da quarta temporada de Elite, série da gigante do streaming Netflix, os fãs foram presenteados com quatro histórias breves dos personagens veteranos da trama, com a promessa de mostrar um pouco mais do relacionamento de dois casais, aprofundar a improvável amizade entre três outros de forma cômica, e emocionar os espectadores com o amadurecimento e arrependimentos de outros dois personagens. As histórias breves de Elite alcançaram seus objetivos em parte e mostraram que nem todos os personagens tiveram mudanças.

A primeira história teve sua estreia no dia 14 de junho com os personagens Cayetana, Guzman e Rebeka, trazendo alegria com cenas engraçadas e exageros em três episódios curtos. Essa amizade nada convencional, como a própria série, trouxe uma Rebeka ainda fragilizada com os acontecimentos da terceira temporada, vestindo sua armadura de desapegada para esquecer o ocorrido. Ao lado de Guzman e Cayetana, esse trio embarca em uma aventura maluca, com direito a mal entendidos e o fortalecimento da amizade, respeitando os defeitos de cada um desses personagens.

Já a segunda história trouxe mais detalhes sobre o “relacionamento” de Nádia e Guzman, e suas dificuldades e diferenças. A história traz a imaturidade do romance vivido pelos dois personagens, representado através dos medos da garota, que, mesmo longe do cara que julga como o amor que nunca teve antes, ainda sim prefere não ver ele pessoalmente por medo dos seus problemas sentimentais. Pelo outro lado temos Guzman, ainda parado no tempo, com as mesmas reclamações e sendo o mesmo da segunda temporada. O breve momento dos dois é marcado por uma fantasia que não consegue se sustentar, brigas em meio de um encontro “médio” e a resolução de tentar manter esse vínculo fragilizado de outro continente.

Com estreia no dia 16 de junho, o terceiro capítulo traz umas das histórias mais tocantes dos breves contos de Elite. Conhecemos mais sobre a amizade de Ander e Alexis, personagem que esteve presente na terceira temporada da série, enquanto Omar acompanha o seu amor nessa jornada de apoio ao amigo com câncer. Acompanhamos a negação de Ander ao não querer aceitar as escolhas de seu amigo, e, com isso, os seus medos em relação a um cenário já vivido anteriormente e a exposição dos problemas do relacionamento vivido com Omar. O final dessa narrativa é feito de forma simples, mas extremamente respeitosa, e com um adeus silencioso que deixa uma marca no telespectador.

  • Save

 

A última história traz Carla e Samu, e as indecisões e acertos de contas dos personagens. Nessa história acompanhamos a terceira tentativa de relacionamento dos dois, que vem de mundos muito diferentes e visões opostas — com direito a um ponto final feito por Carla. A personagem, que está mais decidida do que nunca, vive seus últimos momentos de amor com seu amado longe da garra dos pais. Porém, Samu tenta evitar o inevitável e comete os mesmo erros das temporadas anteriores, tomando atitudes semelhantes às da primeira temporada e mostrando sua imaturidade mais uma vez. Por fim, assistirmos Carla deixando claro o que eles já estavam sentindo há um certo tempo e seguindo seu caminho com lembranças doces de seus últimos momentos.

As histórias breves de Elite vêm para fechar alguns ciclos que não foram explicados no final da temporada anterior, aproveitando para trazer alguns elos de amizades que foram fortalecidos ao longo da nova temporada do seriado. Porém, também deixa ainda mais visível que não são todos os personagens que aprenderam com o tempo. Mesmo eles sendo adolescentes, até quando podemos relevar essas questões?

Lívia Gils

Tem 23 anos, é estudante de Jornalismo, apaixonada em ler, escrever e recentemente descobriu ser fissurada por podcasts de crimes reais.

Ariana com ascendente em gêmeos, busca novos desafios, aprender coisas novas a todo momento e entender a si mesma e suas peculiaridades – abraçando cada particularidade e trazer consigo esses pontos como seu diferencial para lidar com a vida e os caminhos que está trilhando.

Back To Top
Right Menu Icon
Share via
Copy link
Powered by Social Snap