fbpx
Ana Luisa Santos expõe, pela primeira vez na ZINT, seu trabalho como fotógrafa, em um compilado de trabalhos clicados recentemente.

fotógrafa;
ana luisa santos, 21 anos
belo horizonte, minas gerais

 

inspirações;
Annie Leibovitz, Bárbara Magri, Fernando Chassot, Matt Ferr, Fabs Grassi
são muitas as inspirações. séries, filmes, livros, música e, principalmente, fotógrafos. acompanho o trabalho de todos os que admiro pelo instagram, mas estes têm estilos que me agradam muito

 

portfólio;
flickr.com
instagram.com


modelo; cecília morales

maquiagem; marcella ribeiro

 

 

 

 

 

 

 


Compartilhe

Twitter
Facebook
WhatsApp
Telegram
LinkedIn
Pocket
relacionados

outras matérias da revista

Televisão
vics

“Doctor Who”: uma nova era e a primeira Doutora

Em novo ano, “Doctor Who” troca o gênero de sua personagem principal e embarga em aventuras que evocam o espírito familiar e o sentimento de nostalgia Nota do Colab: este texto contém leves spoilers.   Não são muitas as séries que conseguem atingir uma grande longevidade na televisão. Chegar ao centésimo episódio é um marco digno de festa – e para poucos, com muitas séries chegando ao fim antes disso. Mas este não é um caso que se aplique a Doctor Who, cujo o primeiro de 851 episódios foi ao ar em 1963 pelo canal britânico BBC. A série, estrelada por

Leia a matéria »
Back To Top