A construção do amor

A Construção Do Amor
[tempo de leitura: 3 minutos]

Apesar de previsível, “Amor em Obras” é uma ótima opção para quem procura por uma comédia romântica divertida, leve e tranquila.


AA mais nova comédia romântica da Netflix, Amor em Obras, chegou ao catálogo do serviço de streaming para a alegria dos amantes de uma boa comédia romântica. A trama do longa gira em torno de Gabriela Diaz (Christina Milian), uma executiva que mora em São Francisco e que tem um namoro duradouro com Dean (Jeffrey Bower-Chapman). Tudo em sua vida parecia estar correndo perfeitamente quando os acontecimentos começam a dar errado. Após perceber que seu namorado, Dean, não quer morar junto com ela, Gabriela decide colocar um ponto final no relacionamento e focar em coisas que tenham mais futuro, como a sua carreira, por exemplo. Porém, ela não podia imaginar que iria perder seu emprego logo em seguida, quando a empresa que trabalhava fechou as portas.

Dessa forma, Gabriela se vê obrigada a procurar por um novo emprego ao mesmo tempo em que precisa superar o seu término com Dean. É nesse momento que ela se depara com um estranho anúncio na internet: trata-se de um concurso para ganhar uma pousada na Nova Zelândia. Muito tentador, não? Como Gabriela não tem nada a perder, ela decide se inscrever no concurso e acaba ganhando a pousada e assim começa a sua saga de aventura pelo interior da Nova Zelândia.

Contudo, ao chegar no seu destino, ela descobre que a pousada não é tão linda e arrumada como parecia no anúncio online. A casa está caindo aos pedaços, há poeira por toda parte, o jardim não foi aparado há bastante tempo e ainda há um bode, Gilbert, que a vive assustando com suas aparições inesperadas. Pelo jeito, a pousada no interior da Nova Zelândia não era tão boa quanto Gabriela tinha imaginado, de forma que ela vai recorrer a ajuda dos habitantes locais para poder reformar o local. Entre o time dos ajudantes, Jake Taylor (Adam Demos), acaba se destacando.

  • Save

Christina Milian é Gabriela Diaz

Algo interessante de se observar é a química entre Jake e Gabriela. Apesar dos dois se meterem em algumas situações engraçadas ao longo do filme, o que rende boas risadas, a química entre eles vai sendo construída aos poucos, da mesma forma que ocorre a reforma da pousada. A medida em que eles começam a trabalhar juntos, o amor entre eles vai sendo construído.

Dirigido por Roger Kumble, o filme apresenta alguns aspectos revigorantes como, por exemplo, a belíssima paisagem da Nova Zelândia e a abordagem da vida cultural dos moradores locais. Mas, de um modo geral, Amor em Obras pode ser considerado um filme previsível e cheio de clichês; é o tipo de produção que você assiste e sabe que vai acabar com um final feliz.

  • Save

Christina Milian e Adam Demos

Então, para quem está procurando nada mais do que uma comédia romântica, divertida, com uma trama leve e tranquila, Amor em Obras pode ser uma ótima opção.

bruna curi

tem 20 anos, é estudante de Jornalismo, mineira, capricorniana e blogueira nas horas vagas. apaixonada por Livros, Filmes e Séries. gosta de escrever, é uma de suas maiores paixões.

Back To Top
Share via
Copy link
Powered by Social Snap